Páginas

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Esperar ou Seguir Adiante?




Durante muito tempo Elisa pediu pra que Arthur agisse naturalmente com ela. Conversasse sem rodeios, sem atuações. Ou seja, pediu pra que ele fosse o que realmente é em essência. Não precisava contar todos os segredos, mas que não fingisse ser o que não é. O problema é que Arthur é ator, ele gostar muito de criar personagens e tem muita criatividade.

Por um lado, é admirável isso nele, ele convence, é bom no que faz. Porém, com o passar do tempo, isso se tornou um problema na vida de Arthur. Aliás, por ter um problema, ele acabou desenvolvendo esse comportamento. Arthur tem dificuldade de mostrar seus sentimentos, todos eles. É difícil pra ele mostrar às pessoas que está gostando de alguma situação, que está se divertindo. Principalmente, em relação ao comprometimento a dois. Então, seus relacionamentos sempre foram superficiais, baseados apenas no sexo, no prazer físico ou no mental.

Quando conheceu Arthur, eles se falavam muito através de redes sociais. Ele tinha muitos perfis e cada um deles tinha uma personalidade diferente. Pra ele, essa atitude era confortável pois era possível conversar com as pessoas e dizer o que pensava friamente, coisas boas ou ruins, sem ser atingido de fato. Não era ele, quando convinha, em seu íntimo, ele pensava. Então era fácil conquistar as pessoas, dizendo o que elas queriam ouvir (ou ler) e depois, essas mesmas pessoas, não paravam mais de dar atenção a Arthur, o que era seu objetivo principal.

Então, Arthur, por muitos anos, inventou muitos personagens e foi "colecionando" pessoas para o seu mundo virtual, alimentando, assim, o seu ego. Entretanto, em algum momento, Elisa chegou, e, com o tempo, foi mostrando a ele que usar os outros dessa forma não era legal. Eles brigaram muito, pois Arthur pensava que Elisa estava querendo dizer que ele não tinha caráter, que ele mentia. Mas, ela não estava pensando nisso, ela apenas sentia que havia algo escondido que podia ser revelado, o Eu interior de Arthur. Por amá-lo, era tudo o que ela desejava, que ele fosse fiel ao seu próprio Eu e agisse como ele mesmo com ela. Ele estaria seguro com ela, essa era a mensagem que Elisa estava tentando passar. Mas Arthur sempre se ofendia e dizia que tinha sua honra, que não mentia. E Elisa continuava a não entender por que ele insistia em pensar isso dela. Então, pedia desculpas.

Quando Elisa descobriu que Arthur tinha uma namorada e também a estava usando para ter atenção, ela ficou muito triste, decepcionada, de coração partido. Em suas conversas, ele nunca a desestimulou a desistir dele, ou nunca disse que não lhe amava e que era pra ela seguir outro caminho. Arthur permitiu que Elisa tivesse esperança e esperasse por ele. Ela sempre sou que, por ser famoso, ele teria muitas mulheres, mas que, com o tempo, ele perceberia o valor dela e saberia que ela era a mulher de sua vida. Elisa acreditava que, se não visse as outras mulheres, isso passaria rápido e se resolveria no momento certo. O problema é que Arthur foi desmascarado, exposto pela namorada na internet como um traidor pois ele estava de caso com outra. Elisa o defendeu, não acreditou num primeiro momento, mas não aguentou e confrontou Arthur.

Do seu jeito, Arthur demonstrou sentimentos por Elisa e ela sabia que ele era sua alma gêmea. Não que isso seja uma maravilha, relacionamentos de alma são sempre conflituosas antes do "felizes para sempre". Porém, significa que eles têm um caminho a percorrer juntos, assim, Elisa nunca desistiu de Arthur. Mas, ao confrontá-lo, entre um "EU TE AMO" em caixa alta e o famoso "não é o que você está pensando", Arthur pediu para que Elisa perdoasse qualquer coisa que ele tivesse feito a ela e perguntou, em forma de ultimato, se ela estava com ele, dizendo que ele faria de tudo para estar com ela. Não querendo perdê-lo de vez, Elisa engoliu seu orgulho, mas foi sincera, e disse que perdoava e que faria de tudo também. Arthur disse que precisava de alguns meses para consertar tudo e que depois daria toda atenção que Elisa merecia e que ele queria dar a ela. Eles conversaram durante mais alguns dias, e ele se mostrava cada vez mais frio e distante, então Elisa relembrou de tudo o que falaram desde que se conheceram e entendeu por que Arthur sempre perdia a cabeça quando ela pedia que ele agisse com naturalidade com ela. Ele mesmo, em seu íntimo, sabia que não estava sendo um homem de bom caráter, por isso entendia errado e se ofendia. Ele não estava se considerando um bom homem, por isso acabava chamando sua própria atenção com essa atitude. Sem perceber, Arthur acabou despertando pra realidade.

Elisa é uma boa moça, entrou nessa de peito aberto, sempre muito sincera, aguentou o quanto pode para poder conquistar o homem de sua vida. Era um desafio que valia a pena pois ela não estava lutando por qualquer pessoa. Todavia, Arthur ainda resiste, ainda dá ouvidos a seu ego e quer voltar a jogar com as pessoas, criando novos perfis. Elisa pede pra que ele largue tudo e vá ser feliz com ela, ambos sabem que isso é amor verdadeiro. Mas, até quando ela vai suportar essa situação? Mesmo que ele já não esteja com alguém e pense nela com carinho, isso será o suficiente para Elisa?

Arthur pisou na bola, ele a magoou bastante, contudo, Elisa, perdoou e não quer viver de passado. Ela sabe que cada um tem sua história, seu jeito, seu momento pra cair na real e progredir, evoluir. Apesar de saber que tudo é uma questão de escolhas e que ele poderia ter feito diferente e ter enxergado a verdade em seu coração bem antes, Elisa não julga Arthur e está pronta pra recebê-lo em sua vida de braços aberto. Porém, Arthur continua com seus joguinhos e tem medo de avançar para um relacionamento sério, onde ele terá de se comprometer em demonstrar seus reais sentimentos e se entregar a esse amor. 

É do desagrado de Deus desperdiçar um amor puro e verdadeiro. Se Elisa quiser partir, seguir seu caminho e encontrar a felicidade em outro lugar, a vida lhe reserva muitas coisas boas pois ela fez a parte que lhe cabia. E Arthur terá de se contentar em viver a amargura dos casos superficiais, por que, por ter feito não só Elisa de boba, mas muitas outras pessoas também, e, principalmente, por ter feito pouco caso do amor que o Destino disponibilizou pra ele, vai demorar muito tempo até que tudo volte ao seu lugar e a sorte lhe sorria novamente. Pois o mundo dá voltas e a justiça nunca falha!

A Guria Dourada

Nenhum comentário: