Páginas

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Ela esteve à espera.. mas de quem?



Uma Rainha

Uma mulher que tem um ótimo coração e tem muito pra dar, mas não consegue criar barreiras para não deixar que as pessoas abusem de sua boa vontade.

Ela se doou muito às outras pessoas e isso a fez ficar ressentida. É o que acontece quando damos amor em demasia aos outros, passamos dos nosso limites e sentimos que não estamos respeitando a nossa alma e não estamos a nos dar amor. Mas, dentro de sua flor de lótus, ela aprendeu uma importante lição, a sua lição, a do amor próprio. Aprendeu que para dar aos outros é preciso dar as si mesmo primeiro. E, nesse ínterim de aprendizado, ela nunca deixou de se doar.

Em certa altura de sua jornada, essa Rainha se interessou por um homem, uma pessoa completamente narcisista, alguém que só queria atenção para si mesmo. Ele tinha muitas mulheres a sua volta. E ainda assim fazia a Rainha se sentir especial e se aproveitava da generosidade dela. Ele precisava da atenção, do carinho, do amor, e de tudo o que ela tinha pra dar. E ela dava-lhe tudo pois ele a fazia entender que ela era especial. No entanto, ele fazia isso com mais pessoas, dizia exatamente o que cada uma delas queria ouvir. Ele parecia viver num harém. 

A Rainha, agarrada ao seu cachorrinho, esperou muito por este homem. Entretanto, ele ficava dando atenção às outras pessoas e ela era, no mínimo, a décima a receber um pouco do muito que ele podia oferecer.

Mas, por que ele dava atenção a toda essa gente?

Por que ele quer atenção de todos, ele necessita de aplausos, ele precisa disso para sentir-se o máximo. Todavia, uma coisa é as pessoas serem famosas por que isto está alinhado ao propósito de alma delas. Outra coisa é ter um comportamento narcisista apenas para ter a fama e a atenção, sobrepujando o limite emocional e sentimental das pessoas. E este homem é assim ou foi muito assim. E, ainda que não houvesse necessariamente envolvimentos amorosos, este homem era muito galanteador, flertava com uma, com outra e dispersava sua energia com diversas pessoas por sua carência de atenção. Mas, isso é apenas uma manifestação do ego, ele pensa que precisa dessa atenção ou não consegue ter uma relação boa com ele mesmo. O que é grave!

Logo, ele fez tudo isso por que tinha de aprender a lidar com seu ego, havia algumas lições a serem aprendidas. E, a Rainha, também precisava aprender, por isso atraiu esse tipo de relação em que ela fica à espera. Contudo, ela despertou!

A Rainha enxergou que precisava cuidar de sua vida e isso precisava de foco. Além de se envolver com sua espiritualidade, silêncio, meditação e introspecção para saber o que faz parte do seu propósito e o que não faz. Ela precisou fazer uma autoanálise, ler livros, escrever e conectar-se com cartas de tarot e leitura de cartas.

No fim, esta Rainha estava à espera dela mesma, o resto era uma ilusão. Agora, ela está em seu caminho certo, seguindo em frente, rumo à ascensão espiritual, à evolução e à expansão.

De qualquer forma, lições aprendidas, o amor permanece!


A Guria Dourada

Nenhum comentário: