Páginas

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Morre Shirley Temple

Atriz foi uma das primeiras crianças prodígio de Hollywood Foto: Ver Descrição / Ver Descrição


Morreu nesta segunda-feira a atriz Shirley Temple, em sua casa em Woodside, na California. Ela tinha 85 anos e, segundo um comunicado, faleceu de causas naturais.

Shirley começou sua carreira aos três anos de idade e protagonizou 59 produções, entre curtas e longas metragens, nas décadas de 1930 e 1940. Seus cachinhos ficaram famosos em filmes como Olhos Encantadores (1934), A Princesinha (1939) e O Pássaro Azul (1940). 

Considerada uma criança prodígio, ganhou um Oscar especial em 1935 por sua contribuição ao entretenimento – ela tinha apenas seis anos.

Ao entrar na adolescência, começou a diminuir de produção até parar completamente de atuar, aos 22 anos. Longe das telas, tentou, sem muito sucesso, uma carreira política pelo Partido Republicano – embora tenha sido embaixadora nas Nações Unidas (1969–1970), em Gana (1974–1976) e na então Tchecoslováquia (1989).

– Nós a saudamos por uma vida de realizações notáveis como atriz, diplomata e, mais importante, como nossa amada mãe, avó e bisavó, e adorada esposa por 55 anos do falecido e saudoso Charles Alden Black – afirma um comunicado divulgado por seu agente, segundo a CNN.

A vida pública foi deixada quase que totalmente de lado após o casamento com Black, em 1950. Com ele, Shirley teve dois filhos, Charlie Jr. e Lori. Ela também era mãe de Linda, de um casamento anterior.

Postar um comentário