Páginas

quarta-feira, 10 de julho de 2013

18 anos de prisão Homem que planejou morte de Joss Stone é condenado

Foto: Guto Kuerten / Agencia RBS


O homem que planejou roubar a casa da cantora Joss Stone e matá-la foi sentenciado a 18 anos de prisão, conforme informou a BBC News. Kevin Liverpool, 35 anos, foi condenado há três meses, na Inglaterra, mas sua sentença só foi divulgada pela polícia de Devon e Cornwall na terça-feira.

Junior Bradshaw, 32, que acompanhou Liverpool na ação, foi diagnosticado com esquizofrenia e deficiência mental . Ele recebeu uma pena menor depois de o tribunal ouvir que ele era "um soldado", que foi recrutado para a trama por outro homem.

Eles foram presos em junho de 2011 próximos à casa da cantora, e com eles foram encontrados cordas, espadas, um saco para carregar corpos e mapas da casa da artista.

Em junho de 2011, na época da prisão, a agência France Presse disse que Joss Stone já havia vendido mais de 10 milhões de álbuns em todo o mundo e tinha fortuna avaliada em 9 milhões de libras (US$ 14,7 milhões).

Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!