segunda-feira, 16 de julho de 2012

Astros do rock lamentam morte de Jon Lord nas redes sociais

Fundador do Deep Purple morreu nesta segunda após sofrer uma embolia pulmonar; ele estava com 71 anos. Foto: AFP
Fundador do Deep Purple morreu nesta segunda após sofrer uma embolia pulmonar; ele estava com 71 anos
Foto: AFP

A morte de Jon Lord, fundador e ex-tecladista do Deep Purple, aos 71 anos, nesta segunda-feira (16), não demorou para repercutir nas páginas de alguns dos principais nomes do rock mundial. O próprio site oficial da banda britânica, responsável por clássicos eternos da música como Smoke on the Water e Highway Star, colocou em sua home uma foto de Lord ao lado do comunicado oficial do falecimento. 


Nas redes sociais também houve grande mobilização. "Muito tristes em ouvir que Jon Lord se foi", disse a página oficial do Iron Maiden no Twitter. "Dia triste para o rock´n´roll. Um dos maiores, mais talentosos e mais pesados sons do heavy metal. Único. Descanse em paz", escreveu o guitarrista Slash, ex-Guns N´Roses. 

O ex-baterista do Dream Theater lamentou a perda de Lord como músico e ser humano: "tão triste em ouvir isso. Foi um dos pioneiros dos teclados pesados e um verdadeiro cavalheiro". "Descanse em paz, Jon Lord, a pedra angular do Deep Purple. Tantas excelentes canções e aquele incrível som que só ele tirava. Obrigado", escreveu, também na rede social, Tom Morello, do Rage Against the Machine. 

Em sua página oficial, o líder do Whitesnake, o cantor David Coverdale, que fez parte do Purple, também lembrou do tecladista, parte de sua banda entre os anos de 1978 e 1984. "Foi uma verdadeira alegria e um prazer para mim conhecê-lo e trabalhar ao seu lado. Já sinto sua falta", lamentou. 

O baixista do Black Sabbath, Geezer Butler, classificou Lord como "um dos grandes músicos de sua geração", uma das mais frutíferas da história do rock: "estou muito triste com a morte, consequência de sua batalha contra o demônio câncer. Tony Iommi (guitarrista do Sabbath) trabalhou recentemente com Jon e me disse o quão amável ele era. Vi ele algumas vezes, mas nunca tive a oportunidade de trabalhar ao seu lado". 

Terra
Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!