Páginas

segunda-feira, 19 de março de 2012

Viaje pelo mundo e descubra tradições esquisitas para a Páscoa


A 84 km de San Salvador, capital de El Salvador, a cidade de Texistepeque tem uma tradição curiosa e divertida. Foto: El Salvador Impresionante/Divulgação
A 84 km de San Salvador, capital de El Salvador, a cidade de
 Texistepeque tem uma tradição curiosa e divertida
Foto: El Salvador Impresionante/Divulgação
Esqueça os ovos de chocolate e coelhinho. Uma crucificação, procissões de encapuzados, luta entre Deus e o capeta, um cordeiro feito de manteiga: estas e outras esquisitices fazem parte das comemorações que, mundo afora, celebram a Páscoa. Saiba para onde ir se você quer fugir do habitual. No roteiro, Filipinas, Espanha, República Checa e Suécia, entre outros países que têm muitos motivos para serem visitados. A Páscoa diferente é um deles.

Filipinas
As Filipinas têm uma tradição bem sangrenta para comemorar a chegada da Páscoa. Na Sexta-Feira Santa milhares de fiéis se flagelam, imitando os sofrimentos infligidos a Jesus criando a sua própria versão da Paixão de Cristo. Durante as celebrações, existem até reproduções de crucificações, pregando pessoas a cruzes com pregos de verdade.

Espanha
O ritual de Semana Santa celebrado na Andaluzia pode parecer assustador, com procissões nas ruas com pessoas usando capuzes sinistros e carregando tochas. Mas esta tradição do sul da Espanha é uma celebração intensa, que reproduz cenas da vida de Jesus Cristo, e é uma das maiores comemorações religiosas de cidades como Sevilha, Málaga e Granada.

República Checa
Uma das principais tradições de Páscoa na República Checa é de dar às crianças varas de madeira com laços coloridos. O objeto é dado como um amuleto que trará saúde aos jovens. De brincadeira, os meninos encostam nas pernas das meninas com os laços, desejando sorte e felicidade.

El Salvador
A 84 km de San Salvador, capital de El Salvador, a cidade de Texistepeque tem uma tradição curiosa e divertida. O ritual, chamado de Talciguines, tem pessoas fantasiadas que imitam uma luta entre Jesus e o diabo, tendo como vencedor, claro, o lado do bem.

Nova Zelândia
Enquanto na maioria dos lugares coelhinhos de chocolate são espalhados pelo quintal, e a figura do coelho é celebrada como uma das principais da Páscoa, na Nova Zelândia a ocasião é aproveitada para algo muito menos alegre do que isto. Enquanto muitas famílias almoçam tranquilamente, caçadores neozelandeses saem no domingo para caçar coelhos. Foram mais de 20 mil na Páscoa de 2011.  

Suécia
A Páscoa na Suécia lembra mais as festas de Halloween. Na Terça-Feira Santa, crianças se fantasiam e saem de casa em casa procurando doces. Os suecos também gostam de criar seus próprios ovos de Páscoa de papel, recheando-os de balas e chocolates.

Bulgária
Na Bulgária, uma antiga tradição ainda é realizada durante a Páscoa. Trata-se de uma batalha de ovos, mas não estamos falando de espatifar ovos em outras pessoas. Com dois ovos cozidos pintados, pessoas batem um contra o outro, tentando manter sua casca intacta. O ganhador, que quebrar a casca do ovo do outro sem danificar a sua, deverá ser mais bem-sucedido no ano seguinte.

Polônia
Na Polônia, um objeto curioso ocupa o centro da mesa do domingo de Páscoa. Um cordeiro talhado em manteiga é usado como ornamento, podendo ser comprado em lojas, ou feito em casa como tradição de Páscoa.

Fonte: Terra
Postar um comentário