Páginas

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

A banda Macacos do Chinês apresenta novo videoclip

Mais uma semana, mais uma edição do evento Clube Offbeatz que pretende promover as manifestações musicais de pendor urbano e cosmopolita. Desta feita, iriam ser apresentados os videoclips dos Macacos do Chinês e Memória de Peixe, havendo lugar para actuaçãoes de Pablo Leafar e Strugglaz.

Antes do espectáculo começar, Alexandre, André e Miguel dos Macacos do Chinês disponibilizaram-se para uma entrevista em que o jornalista... não tinha caneta, valeu-nos a manager que nos emprestou uma, entre risos de desaprovação.

Não é difícl falar com os Macacos, eles são "for real", ao contrário de outros colectivos nacionais, os Macacos não se escudam em poses, em atitudes ensaiadas, eles apenas querem fazer música e que Portugal a ouça.

Numa conversa em que abordámos as novas plataformas, diga-se que os Macacos surgiram no boom do Myspace o que os levou a ir tocar a Londres, falámos sobre a nova cena da música portuguesa, numa banda que segundo Alexandre não é facilmente rotulável. Apesar de alguns Macacos terem uma actividade paralela, investem neste projecto como um "full-time job", segundo André: "Mentiria se dissesse que não ambicionamos chegar ao maior número de pessoas".

Confrontado sobre as razões da originalidade do seu som André referiu que "No início queríamos ver o que dava, experimentar", referindo ainda que sentiram que estavam a preencher uma lacuna no panorama musical português, num processo muito espontâneo no início, agora mais pensado. Esta é uma banda que "não tem medo do erro" e isso merece ser saudado.

Lá dentro, o Musicbox estava algo vazio, composto contudo, por uma audiência conhecedora e fã destas noites diferentes organizadas pelo Clube Offbeatz.

A sessão do Clube arrancou com a apresentação do vídeo dos Macacos, "Selva" realizado por Diogo Rodrigues e André Madeira. É um vídeo curioso, visceral e primitivo mas ao mesmo tempo muito urbano e vanguardista, registe-se o uso da cor que nos pareceu muito interessante e os vários ambientes criados nesses poucos minutos. Os Macacos subiram depois ao palco para responder às questões de um apresentador um bocado "seco", isto é, de fraco sentido de humor, e contaram um episódio curioso das gravações que metia Serra de Sintra, militares e GNR.

Seguidamente vimos o vídeo dos Memória de Peixe, "Fish and Chick", uma banda honesta nas suas intenções pop e escutámos Pablo Leafar, numa actuação segura, apresentando um som dançável e relaxante, achamos que vamos ouvir mais dele nos próximos tempos.

Pablo que teve tempo para falar connosco revelou que esta era a sua 1ª actuação ao vivo com este projecto, definindo o seu som como uma mistura de electrónica, soul, R'n'B, dubstep. É ele que produz as suas canções, dando também voz ao seu som moderno. Pablo revelou ainda que vai entrar numa fase com muitos concertos, esperando entrar bem num mundo musical português que ele classificou como: "algo fechado".

No final houve tempo para ouvir os Strugglaz, uma banda mais pesada, de forte crítica e denúncia social, que apresentou uma mistura competente de reggae e hip-hop.

Decorreu assim mais uma iniciativa do meritório projecto Clube Offbeatz, um projecto da Labz Network, de Rui de Brito e Sara Ribeiro, que continua a promover o que melhor se faz aqui na cidade de Lisboa.

Fonte: HardMusic
Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!