Páginas

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

SEXTANIMAL - Dormir com animal de estimação pode trazer doenças

Recomendação é evitar lambidas, beijo e cochilo com o animal


por Redação Galileu
Via Wired

Um artigo escrito por médicos da Universidade da California e do Departamento de Saúde Pública da California mostra os riscos que as pessoas se expõem ao dormir ou beijar seu animal de estimação. De acordo com o estudo, até 62% das pessoas que possuem cães ou gatos permitem que o animal durma na mesma cama. Isso aumenta o risco de algumas patologias como raiva, doença de Chagas, ancilostomíase e criptosporidíase.

Editora Globo
Médico recomenda evitar lambida de animais.//Crédito: Getty Images

Nos EUA, 60% dos lares têm animais de estimação. Segundo o American Pet Products Association, quase metade dos cães dormem nas camas de seus donos. O maior índice é de animais de pequeno porte - 62% dos donos de cachorros pequenos dormem com o animal. No entanto, até cães maiores dividem o espaço com seus donos, 32% das pessoas que tem animais maiores admitiram dormir com o animal.


Veja alguns casos relatados pelos médicos:

- Um homem diabético, de 48 anos, e sua mulher, tinham infecções recorrentes de MRSA (sigla em inglês para Staphylococcus Aureus Resistente à Meticilina - se lê Mersa). Cultura feita em amostras das narinas do cão da família mostrou que o animal tinha exatamente o mesmo tipo de bactéria que seus donos. O casal relatou que o animal dormia com freqüência na cama e também lambia seus rostos rotineiramente.

- Um paciente de 60 anos de idade com eczema crônico morreu de choque séptico, insuficiência renal e coagulação intravascular causada por C. canimorsus. O eczema de suas pernas era a entrada mais provável do seu organismo porque o seu cão costuma lamber seus pés.

- Dois casos de meningite em recém-nascidos foram associados a animais de estimação. Em um dos casos, o gato de estimação roubou a chupeta do bebê e usava como brinquedo e outro foi relacionado ao cachorro da casa que, por várias vezes, lambia o rosto do bebê.

- Um caso de meningite em uma dona de casa de 60 anos, no Reino Unido, foi associado ao hábito dela beijar, regularmente, o cachorro da família.

A recomendação dos médicos é que crianças pequenas, ou pessoas imunodeprimidas, não partilhem a cama com seus animais nem dêem beijos regularmente nos bichos. 

Fonte: Galileu
 

"Uma hora pode e na outra não. Vai entender! Mas, pelo que entendi dessa reportagem, o grande problema está, principalmente, nas pessoas que já possuem uma doença ou seja sensível como os idosos e os bebês."
Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!