Páginas

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

SEXTANIMAL - 5 aves com habilidades que deixam super-heróis no chinelo

Rápido, pense em um super-herói legal com temática de ave! Não pensou em nada, né?

Bom, isso porque todos eles não são legais. Se você pensou em Robin, ou no Pinguim, ou qualquer outro personagem menos conhecido, as chances são de que seus poderes sejam apenas de voo ou de parecer estúpido.
 
No entanto, a culpa disso é a falta de imaginação dos escritores, afinal, quando você observa o vasto leque de habilidades aviárias na natureza, é fácil detectar muitos talentos de super-heróis, como…

1 – A coruja que é uma combinação de Demolidor com Wolverine

O que há de especial sobre as corujas? Elas podem virar a cabeça em 360°? Elas podem engolir ratos inteiros?

Aparentemente, as corujas não podem fazer coisa nenhuma – se os quadrinhos forem nossos guias, claro. Apesar de existirem vários heróis/vilões com temática de coruja, eles tendem a ser pobres imitações do Batman sem poderes. Ou possuem algum poder bastante triste e inútil, como a habilidade do Homem Coruja de “causar confusão”.
Dica para os escritores de histórias em quadrinhos: abram uma enciclopédia de vez em quando. Corujas, além de ter a melhor visão noturna de todos os pássaros, também tem uma antena parabólica na cara. 

Isso mesmo. O padrão circular de penas no seu rosto atua como uma antena, concentrando o som e dando-lhes o que pode ser a melhor audição direcional do mundo. E ainda mais estranho, esses padrões de penas também podem, sem brincadeira, serem ajustados individualmente para aumentar a recepção.

Quão bem isso funciona? Bom, uma coruja pode ouvir um rato pisar em um galho a 22 metros de distância. 

Corujas também tem um incrível senso de elevação de som, o que significa que podem detectar a altura de onde o som está emanando, porque um furo de sua orelha é mais alto que o outro. Tudo isso para identificar a localização exata de sua presa, tão bem que o pássaro pode fazer correções de curso durante o voo para atacar sua vítima.

E tenha em mente: estamos falando de um caçador noturno que usa este sentido afinado de audição para pegar uma presa que não pode sequer ver. Então, basicamente temos um demônio voador com uma série de lâminas de barbear a la Wolverine nas mãos.

E isso não é tudo: corujas também têm penas serrilhadas especiais, que lhes permitem voar silenciosamente. Além disso, elas têm a menor relação asa-carregamento de qualquer ave, o que significa que podem voar em velocidade extremamente lenta em caso de necessidade, ou carregar grandes cargas. 

Se você está inspirado para se tornar um super-herói coruja, há um gênero de coruja que já vem com um nome legal para você: Strix.

2 – Cuidado, essa harpia pode e irá esmagá-lo

A harpia é tão poderosa quanto um bicho capaz de voar pode ser. Ela tem uma pressão de esmagamento de 37 quilos por centímetro quadrado. 

Se esse é um número sem sentido para você, vamos colocar assim: o homem médio tem uma pressão de cerca de 4 quilos. A mordida de um cão típico tem meros 22, e mesmo lobos só podem mastigar com pressão de 28 quilos por centímetro quadrado. Achou pouco?
Mas certamente, mesmo um pássaro com uma mordida que envergonha as mandíbulas de um cão feroz ainda é apenas um pássaro, certo? O que poderia fazer para um homem adulto? Arrancar um dedo com suas garras?

Um pouco mais do que isso, na verdade, considerando que suas garras são do mesmo tamanho que as de um maldito urso pardo. E não vamos esquecer que ela também tem um bico afiado que faria um espadachim japonês pendurar suas ferramentas de vergonha.

E olha que dócil: a harpia gosta de mostrar seu poder esmagando os crânios de macacos, e então os comendo. Coisa que ela nem precisa fazer para termos medo dela. Basta ver como essa ave simplesmente pega e leva sua presa para longe, como fez com esta preguiça.

3 – Ave-lira, a maior imitadora de sons do mundo

Esse sim é um super-herói com habilidades que qualquer um deseja ter: a ave-lira é a maior imitadora de áudio do mundo.

Além de copiar a melodia de outros pássaros, ela pode copiar os sons de alarmes de carro, equipamentos de construção, tiros, cães latindo, instrumentos musicais e até mesmo pessoas. 

E não estamos falando sobre a porcaria de “Polly quer biscoito” dos papagaios. Essa coisa que se chama ave-lira pode reproduzir o som exato de sua voz, como um gravador – ou melhor que um gravador. Com certeza ela pode imitá-lo melhor do que outro ser humano.

Isso porque essa ave tem o mais avançado conjunto de cordas vocais do mundo, feito ainda mais impressionante pelo fato de que ela não tem lábios para ajudar a moldar o som – por ser um pássaro e tudo mais. A ave-lira faz tudo com sua garganta.

Além disso, sua memória para gravar e armazenar estes sons é impecável. Por exemplo, em 1969, uma canção de uma ave-lira foi gravada e enviada para um estudioso chamado Norman Robinson. Após a filtragem, ele descobriu que o pássaro estava cantando duas músicas populares dos anos 1930 ao mesmo tempo. 

Veja os bichinhos em ação:

Sim, o motor de motosserra em 2:30 era uma ave-lira. Como ainda não existe uma personagem de quadrinhos baseada nessa coisa? Suas aplicações práticas para super-heróis ou vilões são enormes. Pense na quantidade de negócios que fazemos por telefone. Como seria bom para um detetive imitar a voz de um criminoso e ligar para seu cúmplice para discutir recentes atividades nefastas? Ou então, problemas no caminho? Pegue um megafone e vire uma sirene de polícia, uma matilha de cães, um velociraptor, qualquer coisa.

4 – Ganso-patola, seu super crânio e sua super velocidade

O ganso-patola é uma graciosa ave marinha, que vive uma vida semelhante à outras aves marinhas, se não fosse pelo seu superpoder secreto.

Essa ave se diferencia de seus pares pelos seus hábitos de caça. Como muitas outras aves marinhas que dependem dos peixes para seu sustento, ele tem uma tendência a voar alto e fisgar sua presa. 

Ao contrário de outras aves marinhas, no entanto, ele não se preocupa com coisas como “segurança pessoal” ou “velocidade terminal”. Essa ave pode – e constantemente atinge – a água a velocidades de até 144 quilômetros por hora. Isto é particularmente impressionante quando se leva em conta o fato de que a tensão superficial da água garante que bater no mar a essa velocidade não seja nada diferente do que bater de cara em um bloco de cimento.

A razão dita que tal impacto deve tornar a ave uma pasta para os próprios peixes que tentava pegar. No entanto, o ganso desafia as leis da física. Como? Tendo um crânio extra-grosso tipo capacete que é capaz de suportar o impacto. 

E, como você nunca está protegido o bastante ao jogar kamikaze com a vida, a ave ainda compensa com airbags especiais em seu pescoço e ombros, que podem ser inflados à vontade para absorver impactos que matariam qualquer outro animal. 

Na verdade, o ganso tende a atingir a água tão rápido que nem sequer precisa arrebatar minuciosamente o peixe com o bico – apenas o atordoa com o impacto (também, pudera).
Então, sim, o que temos aqui é o potencial para um herói que pode levar uma surra como nenhum outro. Imagine-o enfrentando um criminoso fugindo de um telhado próximo, e em seguida quebrando através de uma parede de tijolos, totalmente imperturbável. 

Você pode socá-lo o quanto quiser. Ele tem um airbag facial e um crânio como uma rocha. Ele vai ridicularizar seus ataques insignificantes, e em seguida vir para cima de você – a 144 quilômetros por hora.

5 – Avestruz ou Tiranossauro Rex?

O avestruz é uma criatura feia, mas lutar contra o crime não é um negócio bonito. 

Esta ave de 130 quilos faz com que volume pesado não seja sinônimo de baixa capacidade de correr, já que atinge velocidades de 96 quilômetros por hora. Grande coisa, certo? É meio rápido, com certeza, mas há outros animais, ou seja, chitas, que podem facilmente ultrapassar isso. 

Mas a questão é: as chitas não são conhecidas por sua resistência, e de fato se esgotam quase que instantaneamente. O avestruz, por outro lado, pode continuar nesse ritmo por meia hora. Mas isso, por si só, não seria suficiente para esta lista.

Então vamos falar sobre as suas terríveis garras, e como elas podem emitir força suficiente para pulverizar seus órgãos.

Por conta própria, as garras do pé do avestruz deixam algo a desejar diante de malfeitores como a harpia. Mas as aves gigantes também possuem duas garras no fim de cada asa para dispor de mais opções para o ataque, fora que as garras do pé vão chegar a você com o incrível poder terrível do Chute de Avestruz.

Quando utiliza suas pernas para um poder fatal máximo, seus joelhos dobram para frente, transformando-as em potências capazes de matar um leão em pânico com um único chute.
Como super-herói avestruz, você poderia ter a capacidade de chutar diretamente para a frente com uma força de 140 quilos por centímetro quadrado. Para colocar isso em contexto, um pugilista profissional peso-pesado pode bater com cerca de 56 quilos por centímetro quadrado. Assim, o Chute de Avestruz é o equivalente a cerca de 2,5 melhores nocautes de Mike Tysons, no mesmo local, no momento exato. Exceto que, em vez de uma bela e macia luva de boxe, todo o impacto será entregue com aquelas garras sobre as quais já conversamos antes. 

Realmente, o único problema com ter poderes de avestruz é o nome/fantasia estúpida que você seria obrigado a usar. Mas acho que podemos te ajudar: pesquisas sugerem que o avestruz é mais ou menos diretamente parente de ninguém mais, ninguém menos que o Tiranossauro Rex, sabe quem é?

Postar um comentário