Páginas

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Cantor Belo pensa em seguir carreira política

cantor Belo
Divulgação
Cantor Belo vai contar os detalhes da prisão
em autobiografia sobre sua vida
"Que fique só na intençao!"
O pagodeiro Belo sempre se envolve em polêmica. Seja da época que cumpriu pena por tráfico de drogas e associação para o tráfico, ou quando trocou de namorada quando ainda estava na prisão. O cantor, que já liderou o grupo de pagode Soweto, aproveitou bastante a fama.

- Esse negócio do artista solteiro que não pega fã é impossível. Pô, a melhor coisa que tem é fã! Eu não tinha muito esse lance de enrolada e tal. Cara, eu ia pra cima.

Há tempos dizendo que vai lançar uma biografia, o pagodeiro disse à revista Sexy que, finalmente, o livro sobre a vida dele sairá em 2012.

- Sobre os episódios isolados que aconteceram na minha vida, como a reclusão, os envolvimentos que tive, minha condenação... Acho que fui injustiçado, sim, mas isso estará no meu livro.

À publicação, Belo diz que na época que ficou preso cantava na igreja de lá e ocupava o tempo lendo e trabalhando em uma administração que tinha lá no presídio.

- Tomei remédio para aprender a dormir. Era acostumado a dormir às 5h da manhã e tive que mudar isso. [...] É uma história muito bonita, de superação, de volta por cima. E desse livro sairá um enredo para um filme.

Pela vivência na cadeia, Belo diz que o sistema carcerário brasileiro é bastante precário e para mudar este cenário já pensa em virar político.

- Eu nasci em uma periferia, sei do sofrimento ali perto. [...] Se eu virar político, você pode ter certeza de que estou indo em busca de ajudar as pessoas. Se amanhã ou depois isso acontecer, tu vai ver que eu já tinha falado antes [sic]

Na entrevista, Belo ainda fala sobre a gratidão que tem pela ex-mulher, Viviane Araújo. No entanto, diz que seu coração é da ex-dançarina Gracyanne Barbosa, que é capa da mesma publicação.

Eles se conheceram quando ela tinha 16 anos e ele confessa ter ficado louco por ela já naquela época.

- Tivemos um namorico, demos uns beijos, mas ela era muito jovem. Uma menina muito nova, sem muita maldade. E eu não ia ser maldoso com a garota. Tirei meu time de campo e fui embora.

Oito anos depois, eles se reencontraram e estão casados oficialmente há alguns meses.

Fonte: R7
Postar um comentário