Páginas

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Descubra 15 ilhas "secretas" com praias perfeitas

Ilhas do Estreito de Torres, na Austrália, são belas e paradisíacas. Foto: Tourism Australia/Divulgação
Ilhas do Estreito de Torres, na Austrália, são belas e paradisíacas
Foto: Tourism Australia/Divulgação

Quem nunca sonhou em curtir uma praia paradisíaca sem mais ninguém para atrapalhar ou interromper um momento perfeito? A solução é escapar do turismo das grandes multidões indo para ilhas que chegam a ser secretas, de tão desconhecidas, e aproveitar suas belas praias e a natureza preservada. 

1) Ilhas do Estreito de Torres, Austrália
Situadas no Estreito de Torres, entre a Austrália e a Nova Guiné, mais de 200 ilhas reúnem uma experiência semelhante a uma viagem no tempo: é como se você estivesse na Austrália antes de sua colonização pelos europeus. Com uma cultura aborígene totalmente preservada, as ilhas encontram-se a uma curta distância da famosa e turística Grande Barreira de Corais da Austrália. A ilha de Thursday é o centro da região e tem hotéis e acesso aéreo. Para visitar ilhas menores, é preciso pedir autorização com um mês de antecedência, outorgada pela autoridade regional.


2) Ilhas de Yaeyama, Japão
As idílicas Ilhas de Yaeyama ficam na ponta sul do arquipélago do Japão. As ilhas de Iriomote, Taketomi e Ishigaki têm sol, areia e mar e tudo para ser desfrutado acompanhado de generosas quantidades de sushi e sakê. Ishigaki tem as melhores praias, Taketomi é famosa por suas casas Ryukyuan de habitantes nativos, e Iriomete tem rica vegetação e banhos termais a céu aberto. Voos diários ligam Tóquio com Ishigaki, por sua vez conectada às outras ilhas por ferryboat.


3) Ilhas de Salut, Guiana Francesa
A 11 km do litoral da Guiana, três ilhas formam o arquipélago de Salut. Entre elas, está a Ilha do Diabo, famosa por ter abrigado o presídio do qual escapou Papillon, interpretado por Steve McQueen no filme de mesmo nomes. As outras duas ilhas são Royale e Saint-Joseph. Hoje em dia, os visitantes optam por essas ilhas atraídos pela farta e preservada vegetação de suas praias paradisíacas e também pelas ruínas da antiga cadeia. As ilhas são acessíveis por barco, a partir da cidade de Kouru. 


4) Ulleungdo, Coreia do Sul
No meio do caminho entre a Coreia do Sul continental e o Japão, a pequena ilha vulcânica de Ulleungdo encontra-se preservada de todos os problemas do mundo moderno. Sem poluição nem violência, a ilha é conectada por ferryboats que partem diariamente do continente até o pequeno porto de Dodong. Trilhas levam visitantes ao pico de Seonginbong, com uma vista incrível a 948 metros de altura. A pensão de Chusan Ilga, no topo de uma falésia do litoral norte, oferece acomodações rústicas, mas confortáveis. 


5) Arquipélago de San Blas, Panamá
A parte caribenha do Panamá não deixa nada a desejar em comparação a lugares como Bahamas ou Ilhas Cayman. O arquipélago de San Blas é conhecido por ter 365 ilhas, uma para cada dia do ano, nas águas mornas e cristalinas do sul do Caribe. Mas esqueça os resorts de luxo: as ilhas têm apenas alojamentos rústicos em vilarejos, e o jantar se resume ao resultado da pesca feita ao longo do dia pelos locais.


6) Ilhas Pescadores, Taiwan
As Ilhas Pescadores (ou Penghu, em chinês) são um arquipélago com 90 ilhas que têm uma tradição taiwanesa muito presente e preservada. Deixando a cidade de Makung, capital do arquipélago, fortalezas, templos e belas praias, ideais para a prática de esportes aquáticos, agradam qualquer visitante. Entre maio e outubro, as praias recebem ninhos de tartarugas marinhas.


7) Cayos Cochinos, Honduras
O litoral norte de Honduras tem ilhas como Roatán, Utila e Guanaja, onde viveram mais de 5 mil piratas na época do famoso Barba Negra (corsário do século 18). Nesta área, que fica na nas Ilhas da Baía de Honduras, em frente à cidade de La Ceiba, encontram-se também as ilhas e ilhotas de Cayos Cochinos. O arquipélago é formado por duas ilhas principais, Cayo Menor e Cayo Grande, e 13 ilhotas de coral, ideais para relaxar e mergulhar em meio a águas azuis paradisíacas.


8) Ilhas Con Dao, Vietnã
As Ilhas Con Dao estão situadas no Mar da China meridional, a 250 km de Ho Chi Minh, capital do Vietnã. Conhecido por ter abrigado uma prisão na época colonial francesa, o arquipélago tem 16 ilhas montanhosas, sendo que muitas delas fazem parte do Parque Nacional de Con Dao, onde vivem espécies ameaçadas como tartarugas marinhas e dugongos, animais marinhos que são "primos" dos peixes-boi.


9) Ilhas Ssese, Uganda
A imensidão do Lago Vitória, com seus quase 70 mil km², permite que um país sem litoral como Uganda possa figurar em uma lista de belas ilhas. As Ssese são 84 ilhas paradisíacas, com praias de areia branca, palmeiras e flora e fauna exóticas em meio ao maior lago da África. Muitas delas encontram-se totalmente preservadas, mas outras têm resorts nas areias de Buggala, Bukasa e Banda. As principais atividades do local são, além de descansar sob o sol, avistar animais selvagens e passear de caiaque sobre as águas do lago.


10) Gili Trawangan, Indonésia
A maior das Ilhas Gili, na província indonésia de Lombok, Gili Trawangan tem 700 habitantes sem tráfico motorizado: as pessoas se locomovem por "cidomos", carretas típicas puxadas por cavalos. Para se divertir na ilha, as melhores opções são pescar, mergulhar, curtir as praias e beber uma cerveja nos barzinhos locais.


11) Ilha do Pico, Portugal
Antes de a América ser descoberta, a Ilha do Pico era o lugar mais distante conhecido pelos europeus. Esta ilha que faz parte dos Açores, até hoje, permanece pouco visitada por turistas. Com uma população de 14 mil habitantes, a Ilha do Pico recebeu esse nome por seu imponente vulcão nevado. A região ainda tem vinhedos que dão origem a vinhos de excelente qualidade.


12) Skopelos, Grécia
Com 95 km² de área e 67 km de litoral, Skopelos é uma das ilhas gregas menos conhecidas, mas é tão deslumbrante quanto outras mais famosas como Mykonos. Além de suas belas praias e casinhas tradicionais, Skopelos se diferencia pela quantidade de igrejas: são mais de 300 delas espalhadas pela ilha.


13) Exuma, Bahamas
Parte desconhecida das Bahamas, Exuma é um arquipélago de 360 ilhas e ilhotas paradisíacas. A maior delas é a ilha de Gran Exuma, mas é nas ilhas menores que se encontra grande número de praias virgens e desertas, com águas cristalinas e barreiras de coral, protegidas dentro do parque nacional marinho de Exuma.


14) Mabul, Malásia
Além da beleza da ilha, cercada por águas de azul intenso com alojamentos tradicionais da Malásia, Mabul tem uma biodiversidade que deixa pouco a desejar a santuários ecológicos como Galápagos. Paraíso para mergulhadores, peixes coloridos, arraias e lulas gigantes são apenas alguns de seus habitantes marinhos.


15) Ilhas do Rosário, Colômbia
Cartagena, no Caribe colombiano, é uma das cidades mais bonitas da América Latina. Mas é nas ilhas do Rosário, arquipélago de 27 ilhas quase inabitadas e que têm o maior recife de coral do país, que você vai aproveitar a natureza. Com suas praias de areia branca e um clima privilegiado, é melhor conhecer logo, enquanto o turismo ainda não se tornou massivo no local. 


Fonte: Terra
Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!