Páginas

terça-feira, 16 de agosto de 2011

A internet não faz milagre!


Fonte: Google Imagens
Muitas pessoas ainda insistem em se comportar de maneira totalmente errônea na internet. Não exibem respeito às regras das redes e mídias sociais, se desesperam por resultados e inventam diversas campanhas e comunidades para inserir os mesmos amigos em todas elas.


Esquecem-se que as pessoas, em sua maioria, buscam informações gratuitas na net. E apenas 19% dos internautas brasileiros fazem compra pela internet. Sendo que esse número deve ser dividido entre as grandes empresas do ramo.

Veja a pesquisa do IPEA

Outro grande fator que pode ser positivo ou negativo é a motivação. Como estamos falando de pessoas, apesar de estarmos na internet, todas as ações dependem de um indivíduo e do quanto ele se sente motivado para passar adiante aquela informação ou fazer uso dela. Muitas vezes, uma campanha bem feita não quer dizer necessariamente venda ou grandes vendas. Algumas pessoas ainda ajudam com parcerias ou divulgam gratuitamente, mas isso só acontece por que a informação ainda é de graça. A compra de um produto ou serviço só se dá quando há real necessidade, quando o preço é muito atrativo, quando há total confiança nos meios de pagamento, credibilidade visual(site bem estruturado, dinâmico e fácil de usar) e o nível de reclamações é baixo ou inexistente. Além da ajuda de anúncios em televisão, rádio ou na própria internet, mas que sejam pagos. O que, de qualquer forma, vai de encontro com as características dos compradores on line na pesquisa divulgada pelo IPEA e não garante a venda do produto.

Todavia, as mídas pagas não são a salvação da venda on line. Quando se anuncia na televisão existem um grande aumento nas vendas, mas, isso está sempre atrelado aos grande nomes corporativos que já estão no mercado há muito tempo e conseguiram estabelecer grande credibilidade e confiança com seus públicos. É o caso das empresas de refrigerante, de indústrias automotivas, etc.

No final, tudo está diretamente ligado ao trabalho de longo prazo de divulgação da marca e estabelecimento da confiança e credibilidade com o público-alvo. Ou seja, se vocâ ainda é pequeno, não tem muitas vendas, ainda não aparece muito nas buscas, etc. Você tem muito chão pela frente! E o único caminho é a paciência e a perseverança. Coragem e Sucesso!
Postar um comentário