quinta-feira, 30 de junho de 2011

Onde está o foco? Qual é o rumo? (Poesia)


As vozes solitárias falam sobre aquele sonho que ficou para traz. 
Aquele segredo escondido atrás da cortina do coração. 
Algo que jamais será revelado aos olhos e ouvidos carentes dos curiosos.
O que posso fazer para melhorar essa sensação vazia?
Mágica?!
É preciso seguir em frente, sem olhar o que foi.
Não podemos mudar o destino de uma vida.
O intrigante é que tudo que não é real, é feito droga.
Que nos deixa nas mãos aprisionadas.
Mas, há cura para o perdido?
A resposta está no encontrar!

by Dione Nora
23/06/2011 
meia-noite e quatorze
Escutando:
Almost Unreal - Rarities (Roxette)
Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!