quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Eu pinto o cabelo, mas quem não pinta? Uma biografia..

 
Meu bairro, minha rua em Porto Alegre: São João

Algumas pessoas no facebook estão dizendo que a falsidade dos perfis dessa rede social rola feito mato. Ou seja, a maioria é desonesta na hora de publicar sua biografia.

Tá legal! Aqui vai a verdade sobre @dionenora:

Nasci ruiva em São Leopoldo, fui adotada pela tia em Caxias do Sul e fiquei, aos poucos e sem efeito de tintura, uma loira alemã nata. Tenho olhos que não podem ser descritos pelas cores comuns; é uma mistura de verde musgo com mel. Não são pretos, claros ou castanhos. 

Meu pai adotivo morreu quando eu tinha uns 4 anos, sinto muita falta dele, mas isso me fortaleceu. Cresci em Canoas e depois Porto Alegre, mudei muito de colégio. Quase fui devolvida para os pais biológicos, então morei com uma irmã. Passei fome! Fui mal em matemática, mas fiz vestibular, passei, paguei do bolso, sem Enem ou Prouni,  e me formei. Queria publicidade, fiz RP pois levo jeito para a coisa, mas só me chamam para vagas comerciais. It's ok, é outra coisa que faço muito bem!

Realmente amo cantar, por isso, fiz a seleção do programa Fama quando a equipe da Globo esteve na RBSTV. Inclusive, meu teste passou na TVCom e tenho gravado, mas em VHS.

Sempre fui magra, entretanto, hoje estou um balãozinho branco. Não gosto de caminhar, então aguardo a grana para a academia. Adoro mesmo fazer ginástica e faço esteira, mas, quando canso, gosto de lembrar que ainda estou no mesmo lugar e não preciso voltar.

Tenho fixação por tubarões, pelo Egito, por chocolate, coca-cola, animes, tokus, cartoons, super-heróis, Roxette, inglês, animais e a natureza.

Não gosto de barulho, não vou a baladas, mas aprecio muito dançar. Quero fazer aulas de canto, dança de salão e piano.

Já sabia que o Ricky Martin era gay, porém, não dou a mínima para isso. Ainda o admiro da mesma forma. Detesto preconceito de qualquer gênero, número e grau. Até as piadas étnicas entre outras eu desgosto: loiras, homossexuais, de portugueses..

Todavia, prefiro, para qualquer cargo em minha vida, uma pessoa  bem vestida. Mas respeito todas e, se presencio discriminação ou injustiça, sou a primeira a defender. Não é à toa que gosto do: 

Já menti e minto até hoje quando a causa é justa. Mas sempre arranjo um meio de falar a verdade sem prejudicar a mim ou a qualquer pessoa. Não gosto de mentira, fico com falta de ar se alguém duvida quando estou falando a verdade. Por mais duro que seja, ainda prefiro a honestidade. Meu lado:




Eu adoro aparecer! Assim, fiz dois books e, na segunda vez, fui maquiada para fotografar, mas não usei photoshop. São essas as fotos que uso nos meu perfis. E sim, tenho estrias. Não tô nem aí! Ainda assim, se olhares minhas fotos no picasa, verás que nada têm nada de diferente. Continuo a mesma.

Uso óculos para leitura por causa do computador. É fraco. Tudo começou em 2003. Eu "lacrimijava" (o @rafamorawski vai entender essa)! Mas, nunca usei aparelho nos dentes.  Lembrei que preciso arrancar os cisos.

Sou autodidata no inglês. Estudava em casa sozinha, aos nove anos, pois o padrasto não permitia que eu saísse. Logo, brinquei muito sozinha e isso aguçou minha criatividade. E, apesar de ter sido muito tímida até meados da facul, sou muito comunicativa e extrovertida hoje. Milagre! 

Adoro falar e escrever.

Não gosto de música brasileira. Tá bom! De algumas. O que me ajudou muito na fluência do inglês principalmente. Arranho outras línguas, mas prefiro me abster! 

Se realmente tenho fluência no inglês?! Yes, Ido! Meu cunhado americano que o diga.

Se esqueço algumas palavras ou expressões?! Claro! Aqui, todo dia é BrazilianDay. E, ainda assim, eu garanto que tu tens dúvidas de português.

Para isso, existem dicionários!

Ainda não tenho trabalho fixo, estou em processo. Mas, sempre levei dinheiro para casa.

Tenho personalidade e corro atrás daquilo que eu quero. De qualquer forma, também tenho minhas frustrações. Mas, quem não as têm?

Não jogo lixo no chão, coloco na bolsa. Junto o cocô da minha cachorrinha e coloco na lixeira laranja da prefeitura.

Sou ousada nas minhas ações e nem todo mundo gosta disso. Por isso, também faço inimizades, mas trato as pessoas como eu gostaria de ser tratada.

Enfim, não sou casada, vivo com um companheiro há 8 anos, o Alessandro e nossa filha JudyPoppy. Tenho minhas melhores amigas e amigos, apesar de minha irmã adotiva duvidar disso. Conheci minha família biológica e amo eles. Faço terapia para conversar com alguém neutro. Mas, o que eu precisava resolver, já resolvi. Bola pra frente! Apesar, de novo, de minha irmã também duvidar disso só por que não concordo sempre com ela ou com minha mãe.

Eu poderia escrever muito mais coisas do tipo: sou emotiva, choro em comerciais, filmes, etc. Vivo roendo as unhas, mas elas estão compridas pois tenho perspectiva de trabalho. A verdade é, sou de carne e osso, tenho necessidades fisiológicas como todo mundo e não sou perfeita. Principalmente, por fazer xixi e cocô. Hehe!

Aah!! Eu coleciono figurinhas do CDZ. 


Desculpe! Mais honesta do que isso é impossível.
Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!