Páginas

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Erros de entrevistador ou preconceito e arrogância?

Alguém deveria pagar para quem está desempregado ir fazer entrevistas. É um absurdo chegar nas empresas e ouvir: "Nem sei por que a menina te chamou, teu currículo não havia sido selecionado." ou "Pessoas que passam por muitas empresas têm vícios. Chegam no trabalho e ligam para a mãe, para o marido..." Carambaaa!!! Se vai ficar com esse pensamento, então, não me chama. Eu sou profissional! Não tenho tempo para perder. Pior foi ouvir do entrevistador que ele contrata só pessoas novas para treinar. Depois desconversou e disse que eu servia para a vaga de Pós-venda por que tinha bagagem e isso era importante. Só sei que, no meio da conversa, tanto blá blá blá, que o cara chegou a me chamar de velha. Só pelo início da entrevista, pensei.. vou dizer: "então por que me chamastes?", mas resolvi dar uma chance. Há Há! Otária que sou, ainda passei por mais duas pessoas. Só podia dar M. no final. Ahhh!!! Se o Moacyr Scliar pode publicar a palavra Merda na ZH, eu também posso no meu blog. Só podia dar MERDA no final mesmoooo!!!!  O salário é uma porcaria. Cansei! Clique aqui e toque vuvuzela aí pra esse entrevistador!

A propósito: a coluna do Scliar que linkei tá muito boa!
Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!