Páginas

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Quem não arrisca, não petisca!!


Eu sei que as pessoas do "mundo virtual" têm o direito de escolher as pessoas com as quais elas querem se relacionar. Mas, em redes de relacionamento que permitem amizades virtuais, divulgação de eventos e currículos, não entendo por que existem pessoas que querem se relacionar somente com outras pessoas conhecidas ou com amigos próximos. Pior são os profissionais que só querem ter em sua rede, colegas da própria empresa. Ou ainda, aqueles que são autônomos e se negam a participar das redes dos desconhecidos. 

Como vão se conhecer então? E o networking como fica? A alegação desse pessoal é que não ficam à vontade tendo desconhecidos em sua rede. Coitado do comércio se depender dessas pessoas. Se, a cada necessidade do mercado ninguém desse oportunidade para desconhecidos mostrarem seus trabalhos, nós não compraríamos nada de ninguém. Até por que, mesmo as grandes lojas, não são conhecidas de ninguém.  Pode-se comprar a vida inteira da mesma empresa, entretanto, nunca nos tornamos íntimos dos donos ou dos funcionários. Elas fazem anúncios nas mídias de massa. Porém, de fato, ninguém as conhece. É preciso arriscar pois "quem não arrisca, não petisca". 

A verdade é que falta sensibilidade por parte daqueles que têm muita resistência em ampliar seu networking.  Escrevo isso por que conheci muitas pessoas dessa maneira e elas são excelentes profissionais e amigos. 

Se depender dessas pessoas, ações como o e-commerce jamais seriam colocadas no papel, muito menos, em prática.

It's so OK! But to start the music, we need to press the button!

Postar um comentário

Follow My Spotify Playlist!